2easy Portugal

Saiba como organizar o roupeiro para o frio

Saiba como organizar o roupeiro para o frio

Mesmo que evitemos ao máximo a chegado do frio, a verdade é que os dias quentes que ainda se fazem sentir não vão durar para sempre! Para que não sejamos apanhados desprevenidos, hoje partilhamos três dicas essenciais para sabermos como organizar as roupas mais quentinhas no roupeiro.

Quanto mais cedo tirarmos do fundo do armário os casacos, cachecóis, camisolas de lã e outras peças semelhantes, mais bem preparados estamos para a chegada do Outono e Inverno. É que ter a roupa para o frio sempre à mão exige, na grande maioria das vezes, uma reorganização completa do roupeiro, por isso, o melhor mesmo é fazer esta tarefa atempadamente.

Sempre a cheirar bem!

Com alguns cuidados, é possível eliminar aquele cheiro de “guardado” das roupas – que adquiriram no fundo das gavetas -, já que não há nada melhor do que vestir uma peça com um aroma agradável. Por isso, antes de usarmos seja o que for, é preciso lavar, escovar ou colocar ao sol. Este é, também, o momento para aproveitarmos e fazermos uma boa limpeza ao armário.

Para as mantermos com um cheiro perfumado e bem conservadas, é importante abrir regularmente as portas do roupeiro, de preferência sempre que o clima o permita, ou seja, nos dias mais quentes e secos. Deste modo, o ambiente da casa fica mais arejado e a roupa poderá “respirar”.

Um bom truque é, assim que comece a ficar mais quente, guardar as roupas de inverno bem limpas e secas, se possível, em sacos de vácuo. Além de serem um aliado da arrumação, ao diminuírem consideravelmente o volume de roupas, cobertores e edredons, estes sacos protegem as peças do pó e de odores indesejados, o que facilita a organização no ano seguinte.

 

Dar o que está em excesso!

Quando estivermos a reorganizar o roupeiro, mesmo que percamos um pouco mais de tempo, seria ideal escolher bem o que já não usamos. Esta tarefa ajuda-nos a perceber que peças nos fazem falta para a próxima estação, mas também, permite-nos doar tudo o que já não nos serve. A doação é muito importante, sobretudo na estação fria, para todos aqueles que têm menos possibilidade de comprar agasalhos ou roupa quente. Procurar postos de recolha de roupa, perto da área de residência, é uma excelente forma de perceber o alcance da nossa boa ação.

 

Colocar cada peça no sítio!

Há regras que fazem a diferença na hora de organizar o roupeiro:

  • As camisolas de lã mais grossa devem ser dobradas com dobras quadradas e guardadas dentro de recantos do guarda-roupa ou numa gaveta maior.
  • As blusas finas, como camisas, golas altas e sweat-shirts, devem ser penduradas em cabides, todas viradas para o mesmo lado, e organizadas por cores. Este método facilita a visualização de todas as peças. Caso não haja espaço, podem ser guardadas dobradas, mas sempre respeitando a ordem por cores.
  • Sempre que o roupeiro o permita, as calças, as saias e os casacos também devem ser guardados pendurados.
  • As roupas de lã, pelo contrário, não devem ser penduradas, pois tendem a ceder e a deformar devido ao peso.
  • Os lenços e cachecóis podem ser guardados, com nós simples, em cabides comuns ou, em rolinhos, nalgum recanto do roupeiro.

2easy Portugal

Artigos Relacionados

Dia de São Valentim em Casa
Como destralhar a casa de forma eficiente?
Sabe qual o hábito que deve mudar a bem da saúde no lar?