2easy Portugal

Vistos Gold voltam a disparar em Março

Vistos Gold voltam a disparar em Março
O investimento captado pelo Programa de Vistos Gold atingiu 104 milhões de euros em Março e concedidas 168 autorizações de residência, mais 14 milhões que o apurado no mês anterior e um aumento de 43% face a primeiro trimestre de 2015. Em termos trimestrais, o investimento total apurado fixou-se nos 232 milhões de euros.

Em Março registou-se um investimento de 93 milhões de euros, em resultado da aquisição de imobiliário, o qual tem sido o grande impulsionador deste programa. “Portugal, para além de apresentar uma oferta imobiliária de excelência, dispõe de um património histórico e cultural único, bem como de uma rede de infraestruturas de elevada qualidade, e de um incomparável posicionamento geoestratégico, factores que não podem ser desvalorizados”, revela Reis Campos, Presidente da CPCI – Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário.

O responsável adianta ainda que “os 1.738 mil milhões de euros que este programa captou para o imobiliário nacional, desde que foi criado, representam um importante factor dinamizador de toda a economia, que vai muito para além dos evidentes efeitos no sector da Construção e Imobiliário”.

Por nacionalidades, verifica-se a atribuição de Autorizações de Residência a 112 cidadãos oriundos da China, 17 do Brasil, 5 da África do Sul, 4 da Rússia e 30 de outros países, perfazendo um total de 2.457 autorizações concedidas desde o início deste programa.

Fonte: Diário Imobiliário

Artigos Relacionados

Preços das casas em Portugal já recuperaram 7,6% desde 2013
Preços na habitação aumentaram 3,1% em 2015